Publicado em: 02.06.2017

Na terça-feira,6, às 19h30, o Sindicato dos Médicos realizará uma assembleia com os médicos do município para discutir a proposta da Prefeitura de Juiz de Fora em relação à data-base, 1º de janeiro.

A reunião acontecerá na Sociedade de Medicina e Cirurgia.De acordo com o presidente do Sindicato,Gilson Salomão, somente após a assembleia é que será definida uma posição sobre a proposta. A Prefeitura quer aplicar o índice de 4,96% em duas parcelas. A primeira de 0,5% de forma imediata e a diferença será repassada somente em dezembro. Além do reajuste, o Sindicato já encaminhou, no início do ano, a pauta de reivindicações da categoria.

O Sindicato dos Médicos Profissionais de Juiz de Fora e Zona da Mata, após assembleia geral extraordinária, realizada no dia 13/12/2016, deliberou por encaminhar para a Prefeitura de Juiz de Fora, a pauta de reivindicações para o ano 2017:

I- Recomposição salarial através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acrescida de 7% (Sete por cento) relativos a perdas acumuladas;
II- Implantação de um Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS);
III- Manutenção da reposição da diferença entre profissionais médicos e técnicos de nível superior;
IV- Implementação de Direção Clínica e Comissão de Ética nos Institutos e região sanitárias;
V- Instalação do sistema de Prontuário Eletrônico em todas as unidades de atendimento;
VI- Implementação de uma política ampla de Educação Permanente;